sexta-feira, 5 de julho de 2019

Enquanto o Urso preto dorme, o príncipe da Beira-Rio nem cochila



    O príncipe moderno não é o mesmo dos contos de fadas, não anda em cavalo branco, usa coroa ou empunha uma espada. O príncipe da atualidade não dar ordens, dialoga. Não impõe, conversa. Não tem súditos, mas eleitores. Mas assim como o príncipe medieval, o príncipe da atualidade tem soldados, guerreiros na linha de frente, prontos para ajudá-lo na batalha.
   Cansados de uma terra arrasada, porém esperançosos por novos tempos. Dias, onde o palácio se abrirá para todos e o Pinheiro de raizes largas que abriga o Urso preto seja cortado e o pote de mel que repousa sob seus braços seja repartido por todos e que o povo tão sofrido por comer o amargo fel, tenham a oportunidades experimentar o doce mel.

4 comentários:

  1. Continuaremos firme no propósito de cortar o PINHEIRO pela raiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não tem jeito o povo que entra vendar e visitar a cidade já sentem que o prefeito e os babões já tão perdidos nessa eleição de 2020

      Excluir
  2. Meu Deus que vergonha Ailton criar uma bosta dessa que monte de ������������������������������������������������������������������������������������

    ResponderExcluir
  3. Esse Ailton Pontes, assim como o Caio Carlos precisa de um psicólogo urgentemente, amigo se quiser um dia ser represente do povo para com essas asneiras. Vc está perdendo suas credibilidades com tanta medida que anda falando e postando. Em todas nossas reuniões não diz outra coisa ah não ser dizer que a pessoa que te bancava é forte e estrategista se fosse pra ficar com esse medo ficava lá que aqui não faz falta alguma.

    ResponderExcluir

Situação em desespero, candidato que não decola

Já vimos várias matérias falando que  o candidato da oposição nunca decolou, mas sabemos que isso não passa de desespero da situação.  Q...